fbpx

Série “Encontro com os escritores”: MARIA VALÉRIA REZENDE

Em sua décima primeira edição, a Série “Encontro com os escritores” recebe Maria Valéria Rezende para um bate-papo com seus leitores sobre sua vida e obras (com sessão de autógrafos).

Objetivos

A Série “Encontro com os escritores” pretende dar ao leitor/participante acesso presencial a um autor ao mesmo tempo em que lhe permite saber mais a respeito da história criativa e editorial do convidado: sua formação como leitor, as influências intelectuais presentes em sua trajetória, seu processo de criação e escrita, sua avaliação do cenário editorial e livreiro contemporâneo, suas sugestões nessa área, entre outros temas e assuntos de acordo com a própria dinâmica da apresentação.

Metodologia

Formato de “bate-papo”, mediado por um especialista da área.
[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Nesta série não há certificação.

31 de outubro de 2018 – ATENÇÃO: Este evento é GRATUITO. Favor desconsiderar a página de pagamento. VAGAS LIMITADAS. Em caso de desistência ou dúvidas, por favor, entre em contato: unil@editora.unesp.br ou (11) 3242-9555.

Escritora convidada

Maria Valéria Rezende

Nasceu em 1942, na cidade de Santos (SP), e desde 1976 vive na Paraíba. Formada em Língua e Literatura Francesa, Pedagogia e mestre em Sociologia, dedicou-se, desde os anos 1960, à Educação Popular, em diferentes regiões do Brasil e no exterior, tendo trabalhado em todos os continentes. Escreve ficção, poesia e é também tradutora. Além disso é ainda ativista e participa do Movimento Mulherio das Letras. Ganhou um Jabuti em 2009 (Categoria Infantil), com a obra No risco do caracol (Ed. Autêntica, 2008) e, em 2013, outro Jabuti (Categoria Juvenil) com o romance Ouro dentro da cabeça (Ed. Autêntica, 2012). Os Jabutis para Melhor Romance e Livro do Ano de Ficção chegaram em 2015, pelo seu romance Quarenta Dias (Ed. Alfaguara, 2014). O seu último romance Outros Cantos (Ed. Alfaguara, 2016) valeram-lhe o Prêmio Casa de las Américas (Cuba, 2017), o Prêmio São Paulo de Literatura e o terceiro lugar no Prêmio Jabuti 2017. Crédito da foto: Adriano Franco.

Mediador

Paulo Werneck

É editor de livros, jornalista e tradutor literário. Desde 2017, edita a revista Quatro Cinco Um, especializada na cobertura de livros. Traduziu Zazie no Metrô, de Raymond Queneau, A espuma dos dias, de Boris Vian, e Persépolis, de Marjane Satrapi, entre outras obras. Em 1999, publicou ­Cabras – Caderno de viagem, com Antonio Prata, Chico Mattoso e Zé Vicente da Veiga, livro que em 2002 ganhou nova edição, com prefácio de Antonio Candido. Editou, com Chico Mattoso, a revista literária independente Ácaro. Com onze anos de experiência em editoras, trabalhou na Companhia das Letras e Cosac Naify, tendo participado da elaboração do manual de edição e estilo de ambas. Foi o editor responsável pela criação do caderno Ilustríssima, da Folha de S.Paulo (2010-13). Entre 2014 e 2016, foi o responsável pela curadoria de três edições da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip). Crédito da foto: Marina Quintanilha/Divulgação

Newsletter
da Unil

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder
Tamanho da fonte
Modo contraste
Open chat
X