Imagem: como a pesquisa iconográfica pode enriquecer a edição do livro

Objetivos

Como a pesquisa iconográfica pode enriquecer a edição do livro. Apontar os desafios de cada etapa de trabalho para garantir a qualidade final da iconografia, a ser publicada em conformidade os direitos autorais e de imagem. Compartilhar a experiência com fontes de pesquisa, edição de imagens e na apuração dos licenciamentos/autorizações necessários.

Público-alvo

Pesquisadores/editores que trabalham com iconografia para livros; profissionais empregados em agências fornecedoras de imagens para o mercado editorial; funcionários de setores de iconografia de instituições culturais e outros profissionais que tenham interesse na área, particularmente fotógrafos e ilustradores.

Conteúdo

Metodologia de interpretação iconográfica desenvolvida no âmbito da História da Arte e sua aplicação na pesquisa de imagens para o mercado editorial. O lugar da iconografia no fluxo editorial e a prática de pesquisa de imagens, desde os critérios empregados na seleção das imagens aos softwares mais utilizados nas estações de trabalho. Abordagem das diversas fontes de imagens de acordo com o conteúdo e características da pesquisa iconográfica. Formas de licenciamento das imagens a serem publicadas. Legislação de proteção aos direitos autorais e de imagem e sua aplicação.

Tenho interesse neste curso:

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Docentes

Etoile Shaw

As imagens são objeto de seu trabalho há quase 30 anos, desde sua iniciação em iconografia para o tratamento do acervo fotográfico do Arquivo Edgard Leuenroth (IFCH/Unicamp) às pesquisas realizadas para o mercado editorial, particularmente para editoras de livros didáticos (Ática, Moderna, FTD, Editora do Brasil, entre outras). As artes visuais estiveram presentes até mesmo em sua breve atividade jornalística, seja como repórter dos cadernos de cultura dos jornais campineiros ou como assessora de imprensa do Museu de Arte Contemporânea (MAC/USP). Formou-se em jornalismo pela Puccamp (1986), estudou Filosofia na Unicamp (1988-1990) e fez curso de especialização em História da Arte na Faap (2000-2001).


Odete Ernestina Pereira

Trabalha com acervos fotográficos desde a década de 1990, quando fez parte da equipe de pesquisadores do Projeto Memória do Senai-SP. No Banco de Dados da Folha de S.Paulo, atuou no processamento técnico de textos e fotos e na pesquisa de imagens para projetos sobre a história do jornal. Há mais de vinte anos trabalha como iconógrafa para editoras de livros didáticos e revistas (Moderna, Editora do Brasil, Edições SM, entre outras). Formada em História pela Universidade de São Paulo, onde cursa atualmente Biblioteconomia.

Leave a Reply

Tamanho da fonte
Modo contraste
X